O treinador Marcel Keizer considerou nesta quinta-feira que o Sporting está preparado para a época futebolística 2019/20, apesar de não ter todos os jogadores disponíveis, garantindo que Bruno Fernandes “é parte importante da equipa”.

Marcel Keizer falou no Yankee Stadium, em Nova Iorque, no final de um jogo particular com o Liverpool, campeão europeu em título, que se realizou na noite de quarta-feira (madrugada desta quinta-feira em Lisboa) e que terminou com um empate de 2-2, dizendo que o Sporting demonstrou estar pronto para próxima época.

“Jogámos bem em parte da partida e acredito que estamos oficialmente prontos para competir, mas não com todos os jogadores“, disse Marcel Keizer, em conferência de imprensa, após o jogo com a equipa inglesa, que reuniu mais de 31 mil pessoas no Yankee Stadium.

O técnico da equipa ‘leonina’ disse que a presença dos jogadores para os próximos encontros será revista na próxima semana.

Para o treinador holandês, a dificuldade em iniciar uma nova época prende-se a falta de disponibilidade dos jogadores internacionais que participaram na Taça das Nações Africanas e na Copa América.

Sobre a saída iminente de Bruno Fernandes, capitão da equipa e que marcou o primeiro golo na partida com o Liverpool, quando o jogo nem tinha atingido cinco minutos, o técnico declarou que, no momento atual, o jogador é parte importante da equipa, mas não se sabe o que o futuro trará.

“O Bruno é parte importante da equipa e a situação atual é que o Bruno faz parte do Sporting, mas não sabemos o que o futuro vai trazer e temos de esperar”, disse o treinador holandês.

Thierry Correia, único jogador do Sporting que falou aos jornalistas na zona mista no final do jogo com o Liverpool, considerou que Bruno Fernandes é um exemplo na equipa.

“O Bruno Fernandes está connosco, é nosso capitão, acolhe-nos, aos mais novos, de forma espetacular e é um exemplo dentro do grupo e, como demonstrou hoje [quinta-feira], está aqui”, considerou Thierry Correia, que entrou na segunda parte do jogo particular com os campeões europeus para substituir Borja.

Thierry Correia considerou que está a crescer “a cada jogo” e que cada entrada em campo é uma oportunidade para dar o melhor, aspeto que, na opinião do jogador, tem corrido bem.

O treinador “tem-me dito para desfrutar do jogo e cada momento e é o que tenho feito”, assinalou.

Em relação ao jogo particular de pré-época com o Liverpool, o treinador, Marcel Keizer, considerou que o Sporting foi melhor após os 15 minutos iniciais, em especial no capítulo do passe.