Uma atleta norueguesa de 44 anos morreu durante a 7.ª edição da Südtirol Ultra Skyrace, em Itália, por ter sido atingida por um relâmpago enquanto disputava a ultramaratona.

A vítima foi encontrada a mais de 2 mil metros de altitude, perto do lago di San Pancrazio, às 19h15, no sábado passado, por outros atletas que estavam a concorrer na Südtirol Ultra Skyrace.

A organização da ultramaratona veio expressar o seu pesar numa publicação do Facebook, explicando que a corrida até tinha sido interrompida meia hora antes do incidente ocorrer, por causa de uma trovoada. Contudo, não conseguiram localizar o paradeiro da atleta.

“Cerca de 30 minutos antes do acidente, a corrida foi suspensa devido a condições climatéricas [adversas] e alguns atletas foram resgatados em Antran, Rifugio Punta Cervina e Rifugio Kesselberg. Contudo, alguns atletas ainda estavam a caminho destes pontos de encontro e as pessoas encarregadas de os localizar não os encontraram. A atleta norueguesa era uma dessas concorrentes.”

Josef Günther Mair, diretor da comité de Organização da Südtirol Ultra Skyrace, expressou ainda “as mais profundas condolências à família da atleta”.