A Câmara de Vizela identificou 27 habitações com águas residuais a ser encaminhadas diretamente para linhas de água e notificou os proprietários para a resolução das situações, anunciou esta terça-feira a autarquia.

Os trabalhos de inspeção dos recursos hídricos realizados pela empresa de água e saneamento e pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR foram iniciados na segunda-feira, em vários pontos do concelho, onde existem linhas de água que confluem para o rio Vizela, nomeadamente Avenida Domingos Vaz Pinheiro, Rua da Boca, Rua da Saudade e envolvente ao loteamento do Poço Quente.

Segundo um comunicado da autarquia, “as condutas são inspecionadas com recurso a captação de imagens de vídeo por robot e serão também efetuadas análises às amostras de água recolhidas”.

Assinala-se, também, que “estas ações pretendem eliminar ligações clandestinas e desta forma contribuir para melhorar a qualidade da água do rio Vizela” e realizam-se no contexto do combate aos focos de poluição que prejudicam, há décadas, aquele recurso natural afluente do rio Ave.