A primeira confirmação já tinha sido avançada e era de peso: no Algarve, os Ornatos Violeta escolheram o Festival F, em Faro, para fazer um concerto de celebração dos 20 anos do seu segundo álbum, O Monstro Precisa de Amigos. A banda de Manel Cruz juntou esse concerto a outras atuações no centro do país — no festival NOS Alive —, no norte do país — no festival MEO Marés Vivas — e nos Açores, no festival Maré de Agosto, em Santa Maria. Agora, a organização do festival de música portuguesa anunciou o cartaz completo da sua próxima edição, que vai decorrer entre 5 e 7 de setembro.

No primeiro dia, 5, quinta-feira, estão confirmados concertos de Ana Bacalhau, Bruno Pernadas, ProfJam, Tiago Nacarato, Mike El Nite, Throes + the Shine, Conjunto Corona, David Carreira e Fernando Daniel, entre outros.

ProfJam chegou mesmo à primeira liga da música portuguesa

No segundo dia, 6 de setembro, sexta-feira, quem for ao Festival F poderá assistir a concertos de Ornatos Violeta, Amor Electro, Mayra Andrade, Deejay Telio, Blasted Mechanism, Glockenwise, Phoenix RDC e Sara Correia, entre outros.

Para o último dia de concertos, sábado, 7, estão confirmadas atuações de António Zambujo, Carolina Deslandes, Capitão Fausto, Linda Martini, April Ivy, 9 Miller, Estraca, Miramar, Murta e Stone Dead, entre outros. O cartaz pode ser consultado na íntegra aqui.

Tentando juntar propostas musicais mais alternativas com artistas declaradamente pop, o Festival F terá este ano a sua sexta edição. Nos cinco anos anteriores, o festival procurou servir como montra anual do que vai surgindo de novo na música portuguesa.

O Festival F vai decorrer “na zona história” de Faro, “onde se encontram os Palcos Sá, Quintalão, Fábrica e Museu, e a Ria Formosa”, informa a organização em comunicado.

Esta ligação à ria tem vindo a estreitar-se à medida que o festival tem crescido, primeiro com a necessidade de trazer o palco principal, Palco Ria, para fora das muralhas da Vila Adentro, e este ano também com o Palco Formosa que assume a ria como cenário, com um concerto diário ao final da tarde a bordo de um barco: dia 5 com Benjamim, dia 6 com Valter Lobo e dia 7 com MoMo”, informa o comunicado enviado à comunicação social.

Na edição deste ano haverá pela primeira vez “uma área restrita de glamping no Centro Náutico da Praia de Faro”, para albergar quem se deslocar de longe para os três dias de festival. Será assegurada, “através de barco”, a ligação de ida e volta entre o alojamento de glamping e o recinto do festival, garantem os organizadores, que prometem ainda “atividades paralelas” no âmbito “das artes plásticas, dos workshops, novo circo e teatro para os mais novos e tertúlias ao final da tarde”.

No ano passado, o festival acolheu concertos de Slow J, Salvador Sobral, Sérgio Godinho, Cristina Branco, Aurea, Raquel Tavares, Dead Combo, The Gift, Moonspell, The Legendary Tigerman, Luís Severo, Manel Cruz, Filipe Sambado, Surma e Rodrigo Leão, entre outros.

56 sugestões para ver, comer e fazer na cidade em agosto e setembro