Rádio Observador

Incêndios

Dos 6.800 incêndios detetados este ano, apenas dois lavraram mais de 24 horas

Dos 6.800 incêndios detetados este ano, apenas dois casos ultrapassaram as 24 horas de fogo ativo, o que demonstra a qualidade dos bombeiros portugueses, disse Jaime Marta Soares, presidente da LBP.

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) adiantou que ambos concordaram que “Portugal tem os melhores bombeiros do mundo a combater incêndios florestais”

PAULO CUNHA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Cerca de 6.800 incêndios já foram detetados este ano e apenas em dois casos foram ultrapassadas as 24 horas de fogo ativo, o que demonstra a qualidade dos bombeiros portugueses, disse nesta quarta-feira o presidente da Liga dos Bombeiros.

“Foram registadas cerca de 6.800 ignições de fogo este ano até terça-feira. Só duas ultrapassaram as 24 horas e apenas seis são responsáveis por 96% da área ardida. Isto comprova que os bombeiros portugueses são dos melhores do mundo a combater incêndios florestais”, disse Jaime Marta Soares à Lusa depois de uma reunião com o secretário de Estado da Proteção civil, José Artur Neves.

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) adiantou que ambos concordaram que “Portugal tem os melhores bombeiros do mundo a combater incêndios florestais”.

Sobre a utilização de meios aéreos na fase inicial dos fogos e a importância dessa opção para evitar a propagação, o presidente da LBP defende a utilização de um retardante na água e sugeriu que, no próximo contrato, o Estado tenha em conta a contratação de meios que possam fazer “a calda”.

“Uma descarga com calda (água e retardante) corresponde, no mínimo, a cinco sem calda”, afirmou Jaime Marta Soares.

A reunião entre a LBP e o secretário de Estado serviu também para a criação de um grupo de trabalho para analisar a lei de Financiamento das Associações Humanitárias e Corpos de Bombeiros, cuja primeira reunião está marcada para a próxima terça-feira.

Outro dos temas abordado foi o regulamento que estabelece os procedimentos para o reembolso de 50% das despesas suportadas com berçários, creches e estabelecimentos da educação pré-escolar tendo a Liga entregado dois documentos para serem avaliados pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

A LBP foi ainda informada sobre a rede de postos prioritários para abastecimento de combustíveis durante a greve dos motoristas de transportes de matérias perigosas, tendo ainda a garantia que “nos teatros de operações estarão autotanques disponíveis para suprir as necessidades” das forças de combate a incêndios.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Politicamente Correto

Os filhos do Vasco Granja /premium

Helena Matos
463

O reitor proibiu a carne de vaca. Os alunos se pudessem proibiam toda a carne. Em Portugal, eles são os filhos e netos do Vasco Granja. Gerações que, entre muita animação, estão a impor uma ditadura.

Turismo

A turistificação da economia algarvia

António Covas

Não é tarefa fácil falar de diversificação da base económica regional quando a atividade turística é aquela que remunera mais rapidamente as pequenas poupanças e os pequenos investimentos realizados.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)