O treinador do Benfica, Bruno Lage disse esta sexta-feira que quer que o Benfica rapidamente pratique o mesmo futebol da última época e que os jogadores se mantenham unidos em prol da equipa.

“A nossa previsão e ambição é dar continuidade ao que fizemos na pré-época e aproximarmo-nos rapidamente da imagem, qualidade e jogo coletivo da época passada”, começou por dizer o treinador, na antevisão à estreia na I Liga de futebol, frente ao Paços de Ferreira, no sábado.

Em relação ao que espera da “maratona” que considera ser um campeonato, Lage deixou elogios a vários jogadores, entre os quais Vlachodimos, Gabriel, Seferovic, Raul De Tomás, Samaris, Fejsa, Taarabt, Zivkovic, Cervi, Pizzi e Chiquinho, e sentenciou que o segredo para mais uma época de conquistas é a união.

“Temos de ser uma grande equipa, com grandes homens, todos disponíveis para ajudar e todos têm de perceber que tem concorrência para poder evoluir”, disse o treinador ‘encarnado’.

Sobre os adversários diretos, FC Porto e Sporting, o técnico que o ano passado devolveu o título de campeão nacional às ‘águias’ assumiu que Bruno Fernandes torna o Sporting “mais forte” e relembrou o passado de conquistas de Sérgio Conceição no Dragão, vaticinando que “vai fazer uma equipa competitiva” para este ano.

Depois da conquista da Supertaça Cândido Oliveira com uma goleada por 5-0 frente aos ‘leões’, Lage classificou ainda como “normal” o facto de os adeptos ficarem motivados, mas garantiu que dentro de portas não há deslumbramentos.

“Temos de ter uma entrada forte e se sentirmos que podemos dar de avanço e recuperar como no ano passado é um pensamento errado. Temos de entrar em cada jogo como no jogo da Supertaça, tendo a noção de que todos querem vencer o campeão e vamos ter de conviver com isso”, terminou o treinador ‘encarnado’.

O Benfica, campeão nacional, recebe o Paços de Ferreira, que na última temporada venceu a II Liga, em jogo da primeira jornada da I Liga de futebol marcado para as 21h30 de sábado, no Estádio da Luz.