Face à popularidade das corridas de Moto GP, é natural a decisão da BMW de continuar a apostar neste campeonato do mundo de duas rodas, tanto mais que é aquele que reúne os melhores pilotos e as motos mais possantes e rápidas. Daí que a marca bávara tenha decidido pegar no melhor que tem na sua gama, não só em termos de potência, como de agressividade.

De acordo com o presidente da BMW M, Markus Flasch, “a base do novo safety car é o M8 Competition”, apesar de defender que o M8 ou o M8 GTE poderiam igualmente desempenhar o papel. O facto de montar um V8 biturbo com 625 cv, que lhe permite chegar aos 100 km/h em apenas 3,2 segundos, é músculo mais que suficiente para garantir que os pilotos circulam atrás de si a bom ritmo.

Além da potência, o safety car conta com tracção às quatro rodas, com os cavalos a serem domados por uma caixa automática de oito velocidades. Para se tornar mais visível, o M8 Competition exibe uma decoração característica e relacionada com a função, além de uma barra de luzes no tejadilho, como forma de comunicar com os pilotos e com os espectadores.