O Manchester City foi multado em cerca de 340 mil euros por quebrar as regras de transferências internacionais de jogadores menores, contudo não fica impedido de fazer novas contratações, informou esta terça-feira a FIFA.

No comunicado do organismo que rege o futebol mundial não são revelados os casos que deram origem à punição, mas é referido que o bicampeão inglês, em que atuam os internacionais portugueses Bernardo Silva e João Cancelo, “admite responsabilidades”.

Em março, a FIFA proibiu o também clube inglês Chelsea de contratar novos jogadores nos dois mercados de transferências seguintes, também por desrespeitar os mesmos regulamentos.