Rádio Observador

Donald Trump

E se a rua da Trump Tower se vier a chamar…Barack Obama?

264

100 mil pessoas já assinaram a petição a favor do batismo da rua em Manhattan, Nova Iorque. Elizabeth Rowin garante que tudo começou "como uma brincadeira" mas o caso já chegou à câmara local.

© Karla Ann Cote/NurPhoto via Getty Images

NurPhoto via Getty Images

À margem da dança de cadeiras na Casa Branca nada como baralhar as contas na toponímia de Nova Iorque. E a petição em curso serve esse propósito em toda a linha. Mais de 100 mil pessoas, já assinaram a proposta que visa dar o nome do ex-presidente Barack Obama à rua que fica nada mais nada menos que em frente da famosa Trump Tower, o coração do império imobiliário do atual inquilino da Pennsylvania Avenue, que ali mantém residência, nesta parcela da não menos célebre Quinta Avenida.

Se a petição, divulgada pelo The Huffington Post, der frutos a verdade é que a zona pode vir a chamar-se…725 Presidente Barack Obama Ave, cenário no entanto que parece remoto, pelo menos a avaliar pelo habitual enquadramento nesta matéria, mas já lá vamos.

Celebridades como Patricia Arquette juntam-se ao coro de vozes favoráveis a este peculiar e provocador batismo, uma iniciativa que, segundo a segunda organizadora, Elizabeth Rowin, contou à revista Newsweek, começou como uma “simples brincadeira” e assumiu proporções inesperadas, uma vez lançada a petição em MoveOn.org — atraindo uma série de nomes bem conhecidos do público que foram incentivando a assinatura nas suas redes e pedindo ao mayor Bill de Blasio e outros responsáveis políticos para interceder neste sentido.

Tudo para que o anterior presidente possa ser evocado entre as ruas 56th e 57th, com Elizabeth a garantir que “várias” pessoas ligadas à câmara municipal se mostraram disponíveis para analisar o pedido, apesar de a publicação ter feito notar que a petição falha num requisito importante em Nova Iorque — as ruas devem homenagear figuras que já tenham morrido. Nada que desanime a mentora, que lembra que leis como estas são “arbitrárias” podendo sofrer ajustes, até porque Barack Obama tem o seu nome em duas ruas em Los Angeles, por exemplo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)