Morreu esta sexta-feira o ator norte-americano Peter Fonda, aos 79 anos, depois de um episódio de insuficiência respiratória decorrente de cancro nos pulmões, afirmou a família do ator em comunicado.

“É com profunda tristeza que partilhamos a notícia de que Peter Fonda faleceu. Num dos momentos mais tristes das nossas vidas, não somos capazes de encontrar as palavras apropriadas para expressar a dor nos nossos corações. Na tristeza, pedimos que respeitam a nossa privacidade. Ao mesmo tempo que lamentamos a perde deste doce homem, queremos também celebrar o seu espírito indomável e o seu amor à vida”, lê-se no comunicado.

A nota da família termina com um apelo: “Em homenagem ao Peter, façam um brinde à liberdade”.

[Veja aqui o trailer original do filme Easy Rider:]

O ator, que ficou mais conhecido por seu papel como Wyatt no filme de 1969 “Easy Rider“, era filho de Henry Fonda e irmão mais novo da também atriz Jane Fonda, morreu devido a uma falha respiratória provocada pelo cancro nos pulmões. Fonda morreu na sua casa em Los Angeles.

Peter Fonda esteve nomeado para o Óscar de melhor argumento original por “Easy Rider” — além de o protagonizar, Fonda escreveu e produziu o filme —, mas foi o filme “Ulee’s Gold“, de 1997, que lhe valeu um prémio: um Globo de Ouro.

O ator nasceu em Nova Iorque a 23 de fevereiro de 1940 e tornou-se, na década de 60, um símbolo da contracultura que marcou Hollywood naquele período. Peter Fonda era pai da também atriz Bridget Fonda.