Rádio Observador

Liga Europa

Braga e Guimarães tentam apuramento na Liga Europa frente a emblemas históricos em crise

Sporting de Braga e Vitória de Guimarães jogam, na quinta-feira, o 'play-off' frente a Spartak Moscovo e FCSB. Duelo do Vitória de Guimarães na Roménia começa às 19h30. Braga joga 15 minutos depois.

Braga e Guimarães podem fazer história e colocar pela primeira vez quatro equipas lusas na fase de grupos da Liga Europa

HUGO DELGADO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Sporting de Braga e Vitória de Guimarães procuram, na quinta-feira, aproximar-se da fase de grupos da Liga Europa de futebol, com duelos no ‘play-off’ frente a Spartak Moscovo e FCSB, respetivamente, emblemas históricos que já viveram melhores dias.

Depois de deixar os dinamarqueses do Brondby pelo caminho, com um triunfo por 7-3 no total da eliminatória, o Sporting de Braga vai agora ‘apanhar’ um dos ‘grandes’ do futebol russo, embora o Spartak Moscovo esteja a passar por uma fase irregular no seu país, em que ocupa apenas o quinto lugar, após seis jornadas, a mesma posição em que terminou o campeonato na última temporada.

Por seu lado, o Vitória de Guimarães, que vai já disputar a sua terceira eliminatória na prova, depois de afastar os luxemburgueses do Jeunesse Esch (5-0) e os letões do Ventspils (9-0), vai ter pela frente o ‘antigo’ Steaua de Bucareste, histórico clube romeno que teve de mudar de nome em 2011 devido a uma questão judicial, e que aparece nesta fase de temporada num desapontante 11.º lugar na sua liga.

O Sporting de Braga recebe o Spartak Moscovo após sofrer o primeiro desaire da temporada, frente ao Sporting (2-1), para o campeonato, mas com o técnico Ricardo Sá Pinto a ter todos os jogadores disponíveis, no primeiro duelo de sempre com o emblema da capital russa. Os russos, mais habituados a estarem presentes na Liga dos Campeões e que são recordistas de títulos no seu país, chegam a esta fase depois de deixarem pelo caminho os suíços do Thun, com duas vitórias (3-2 fora e 2-1 em casa).

Depois do quinto lugar da época passada, o Spartak Moscovo manteve-se irregular neste arranque de época e entre as principais figuras do clube destaque para o paraguaio Lorenzo Melgarejo, ex-jogador do Benfica, e para o alemão André Schurrle, campeão do mundo em 2014 com a Alemanha.

O avançado germânico chegou esta época a Moscovo para ocupar as vagas deixadas em aberto por Zé Luís, que rumou ao FC Porto, e Luís Adriano, que regressou ao Brasil para vestir a camisola do Palmeiras.

O encontro está agendado para as 19h45, 15 minutos após o arranque do jogo do Vitória de Guimarães na Roménia.

A equipa de Ivo Vieira chega a Bucareste depois do empate caseiro com o Boavista (1-1) para a I Liga, num encontro em que o golo dos ‘axadrezados’ aconteceu já em tempo de descontos.

Por seu lado, o FCSB está a viver um momento conturbado, depois do despedimento do técnico Bogdan Andone, com o seu sucessor ainda a não ter sido encontrado. O adjunto Vergil Andronache assumiu interinamente o comando.

No campeonato, o histórico emblema romeno, vencedor de uma Taça dos Campeões Europeus em 1986, ocupa o 11.º lugar, com apenas uma vitória em seis jogos, situação que já levou a presidente do clube a revelar que vai despedir alguns jogadores, um deles o português Diogo Salomão.

Na Liga Europa, o cenário tem sido bem diferente, tendo eliminado o Milsami (Moldávia), o Alashkert (Arménia) e o Mladá Boleslav (República Checa), antes de defrontar os vimaranenses.

Neste ‘play-off’, Sporting de Braga e Vitória de Guimarães podem fazer história e colocar pela primeira vez quatro equipas lusas na fase de grupos da Liga Europa, em que já estão apurados FC Porto e Sporting.

O registo português continua com o PAOK Salónica, do técnico Abel Ferreira e de Vieirinha, a tentar o apuramento frente aos eslovacos do Slovan Bratislava, e com o AEK Atenas, outra formação grega, quem tem o treinador Miguel Cardoso e conta com uma ‘armada’ lusa composta por Hélder Lopes, Paulinho, André Simões, David Simão, Francisco Geraldes e Nélson Oliveira, a receber o Trabzonspor, de João Pereira.

Num dos embates mais interessantes do ‘play-off’, o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo e dos seus compatriotas Rui Patrício, Roderick, Ruben Vinagre, Bruno Jordão, Ruben Neves, João Moutinho, Pedro Neto e Diogo Jota, vai a Itália defrontar o Torino.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)