Margarida Simões, a jovem portuguesa que esteve desaparecida em Barcelona, tinha, afinal, sido raptada pelo ex-namorado, de acordo com informação avançada pela TVI. Margarida, de 24 anos, desapareceu no passado domingo. Segundo o mesmo jornal, foi mantida em cativeiro durante três dias e, esta quarta-feira, conseguiu fugir. 

A jovem tinha fugido para a casa da tia, em Barcelona, depois de ter sido ameaçada de morte pelo então namorado — que agora a raptou. Antes de fugir, Margarida apresentou queixa numa esquadra da PSP.

No passado domingo, terá marcado um encontro com o ex-namorado, na cidade de Sant Pere de Ribes, em Barcelona. Terá sido no decorrer desse encontro que Margarida desapareceu. Segundo a TVI, a jovem terá sido raptada pelo ex-namorado e transportada por ele até Portugal, onde a manteve em cativeiro, na sua casa, no Seixal.

O suspeito terá agredido física e psicologicamente a jovem de 24 anos, ameaçando-a de morte diversas vezes e deixando-a numa garagem despida, para “morrer à fome e à sede”, segundo a mesma fonte.

Após três dias, Margarida conseguiu fugir e foi, então, localizada no Seixal. Os Mossos d’Esquadra, a polícia catalã, informaram ao fim da tarde desta quarta-feira que a jovem portuguesa de 24 anos tinha sido localizada. “Foi localizada a Margarida em Portugal, numa casa de família. Obrigado pela colaboração”, lê-se num comunicado dos Mossos d’Esquadra no Twitter:

https://twitter.com/mossos/status/1164236893057409025