Rádio Observador

Economia

Portugal emite até 1.000 milhões de euros em dívida a três e a 11 meses esta quarta-feira

Leilões começam às 10h30 e têm um montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros. No último leilão, o país colocou 1.250 milhões de euros, montante máximo anunciado.

JOAO RELVAS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Portugal vai esta quarta-feira ao mercado para colocar até 1.000 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro (BT) a três e a 11 meses, de acordo com a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP).

“O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 21 de agosto pelas 10h30 horas dois leilões das linhas de BT com maturidades em novembro de 2019 (BT 22NOV2019) e em julho de 2020 (BT 17JUL2020)”, informou em 16 de agosto o IGCP.

Segundo a entidade liderada por Cristina Casalinho, os dois leilões têm um montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros.

No último leilão comparável, em 19 de junho, Portugal colocou 1.250 milhões de euros, montante máximo anunciado, em BT a três e a 11 meses, a taxas de juro ainda mais negativas nos dois prazos.

De acordo com a página do IGCP na agência Bloomberg, a 11 meses foram colocados 1.000 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,395%, mais negativa do que a registada em 17 de abril, quando foram colocados 950 milhões de euros a -0,368%.

A três meses foram colocados, também em 19 de junho, 250 milhões de euros em BT à taxa média de -0,425%, mais negativa do que a verificada em 17 de abril, quando foram colocados 300 milhões de euros a -0,415%.

A procura atingiu 1.705 milhões de euros para os BT a 11 meses, 1,71 vezes superior ao montante colocado, e 775 milhões de euros para os BT a três meses, 3,10 vezes o montante colocado.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições

Eis o social - ismo

Luís Areias

O mais grave é que, tipicamente, o Estado não só não se preocupa em economizar, pois os recursos não foram ganhos com suor mas sim tirados coercivamente aos contribuintes, como nunca maximiza o valor.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)