Rádio Observador

Meteorologia

Temperaturas continuam a subir e esta quinta-feira pode ser o dia mais quente da semana

209

No território continental, apenas Sines vai ficar abaixo dos 30º C. Santarém pode chegar aos 39º C e em Lisboa e Porto são esperados 33º C. Temperaturas devem descer ligeiramente no fim de semana.

LUÍS FORRA/LUSA

Esta quinta-feira pode ser o dia mais quente da semana, com quase todo o continente a ultrapassar os 30º C. Apenas Sines se vai ficar pelos 28º C, enquanto Coimbra, Leiria e Beja, com 37º C, e Santarém, que pode chegar aos 39º C, serão as zonas mais quentes do país. Em Lisboa e no Porto os termómetros vão chegar aos 33º C, enquanto nos Açores a chuva vai persistir até sexta-feira, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

As temperaturas têm subido ao longo dos últimos dias, mas devem descer ligeiramente no fim de semana. Ainda assim, o calor abrasador vai continuar e, para sexta-feira, Lisboa tem uma máxima prevista de 37º C. Santarém — que tem sido constantemente o distrito com as máximas mais elevadas — vai manter-se nos 39º C, enquanto Évora pode atingir 38º C e Bragança 34º C.

Tendo em conta o calor, quase 40 concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Guarda, Viseu, Coimbra, Leiria e Bragança apresentam esta quinta-feira risco máximo de incêndio, ainda segundo o IPMA. O instituto colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em risco muito elevado e elevado de incêndio. O risco de incêndio vai continuar máximo, muito elevado e elevado pelo menos até ao fim de semana em vários distritos de Portugal continental. 

Também devido ao calor, o IPMA colocou todos os distritos do continente (exceto Faro) sob aviso amarelo entre as 10h00 desta quinta-feira e as 20h00 de sexta-feira.

Continente e Madeira em risco muito elevado de exposição aos raios UV

Portugal continental e o arquipélago da Madeira apresentam um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV) esta quinta-feira.

No arquipélago dos Açores, as ilhas do Faial e Flores apresentam risco elevado e a Terceira e São Miguel estão com níveis baixos.

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o IPMA recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)