Rádio Observador

Música

A espera acabou. Novo álbum de Tool chega na sexta-feira

210

Depois de um hiato de 13 anos, a banda norte-americana está de volta com um novo álbum. "Fear Inoculum", o quinto da discografia dos Tool, fica disponível a 30 de agosto, próxima sexta-feira.

O vocalista, Maynard James Keenan, no festival Lollapalooza em 1993, ano em que os Tool lançaram o seu primeiro álbum

Getty Images

Depois de um hiato de 13 longos anos, a espera finalmente terminou. É já esta sexta-feira, 30 de agosto, que chega às lojas o novo álbum dos Tool, o muito aguardado Fear Inoculum. Este é o quinto da discografia do grupo liderado pelo vocalista Maynard James Keenan.

Formados em 1990, os Tool foram elevados ao estatuto de banda de culto com o lançamento do seu primeiro disco de originais, Undertow, em 1993, ao qual se seguiu o não menos mítico Ænima, três anos depois. O último álbum, 10.000 Days, saiu em 2006, antes de uma paragem de mais de dez anos.

Durante os últimos 13 anos, os Tool não estiveram quietos. Além dos concertos esporádicos, os diferentes membros da banda dedicaram-se a outros projetos. Maynard é membro dos A Perfect Circle, que ainda no ano passado lançaram um novo disco, Eat The Elephant, e dos Puscifer, grupo que funciona como uma espécie de catarse para tudo aquilo que o vocalista afirma não conseguir dizer através do rock pesado dos Tool.

O silêncio foi interrompido a 7 de agosto, quando foi lançado o primeiro single, homónimo, de Fear Inoculum. A música é a primeira do disco, que conta com sete temas, de acordo com o divulgado:

  1. “Fear Inoculum”;
  2. “Pneuma”;
  3. “Invincible”;
  4. “Descending”;
  5. “Culling Voices”;
  6. “Chocolate Chip Trip”;
  7. “7empest”.

Os Tool passaram por Portugal no passado mês de julho, para atuarem na Altice Arena, em Lisboa. O último concerto da banda no país tinha sido em novembro 2006, no mesmo espaço, por altura do lançamento de 10.000 Days.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
História

O azar do museu Salazar /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A ignorância e o fanatismo, que estão na origem dos totalitarismos, combatem-se com a verdade e o conhecimento. A ditadura não se vence com a ignorância, mas com a ciência.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)