A chuva vai dar tréguas esta terça-feira, depois de um dia em que cinco distritos estiveram sob aviso laranja devido à previsão de granizo e trovoadas, e as temperaturas vão manter-se quentes. Estão previstos para Lisboa 30º C e, com 32º C, Beja e Évora serão os distritos mais quentes do país esta terça-feira, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). No norte, o Porto deve ficar-se pelos 22º C e quem está a banhos no Algarve pode esperar uma máxima de 27º C em Faro.

Na quarta-feira, a situação será semelhante: as temperaturas vão rondar os 30º C em todo o território continental e Beja e Évora podem chegar aos 33º C. Ainda assim, a nebulosidade pode aumentar no norte do país. Quanto aos Açores, a chuva vai persistir pelo menos até ao fim de quarta-feira.

Trovoada aqui, bom tempo acolá. Como pode o tempo ser tão diferente em Portugal?

Devido ao tempo quente, o concelho de Castro Marim, no distrito de Faro, apresenta esta terça-feira um risco máximo de incêndio, de acordo com o IPMA. Os concelhos de Aljezur, Silves, Loulé, São Brás de Alportel, Tavira e Alcoutim, no distrito de Faro, e Mação, em Santarém, também estão em risco muito elevado.

Para além do risco de fogos, quase todas as regiões de Portugal continental e o arquipélago da Madeira apresentam ainda um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta.

No continente, todos os distritos, com exceção de Viana do Castelo, Vila Real, Porto, Viseu e Guarda (níveis elevados), apresentam esta terça-feira risco muito elevado de exposição à radiação UV. No arquipélago dos Açores, as ilhas do Faial, Terceira e São Miguel apresentam risco elevado e as Flores estão com níveis moderados.