Está decidido e assinado. Depois da Audi, é a Seat que vai assumir a posição de marca oficial do Futbol Club Barcelona. Mais especificamente, a Cupra, a marca desportiva do fabricante espanhol que, tal como o Barça, está localizada na Catalunha. O novo acordo acontece num período particularmente animado para a Seat e para a Cupra, ambas em vias de apresentar uma série de novidades que as vão tornar particularmente atractivas.

Depois de 13 anos associada ao Barcelona, apoiando em simultâneo o Real Madrid para não ferir susceptibilidades dos fãs de futebol espanhóis, a Audi saiu, tendo entrado para o seu lugar a Seat, outro fabricante do Grupo Volkswagen. Ao contrário da Audi, a Seat possui uma enorme presença em Barcelona, estando associada a uma série de soluções para melhorar a mobilidade urbana na cidade, que tem no Camp Nou o seu principal recinto desportivo.

O contrato foi assinado entre o representante do clube espanhol e o presidente da Seat e do conselho de administração da Cupra, o italiano Luca de Meo, exactamente na altura em que a Cupra se prepara para apresentar o seu primeiro modelo original, o SUV Formentor, e tanto a Seat como a Cupra vão igualmente passar a oferecer veículos eléctricos de nova vaga, mais competitivos, modernos e com autonomia acrescida, que podem fazer a diferença.

De acordo com de Meo, o facto de a Seat continuar a atravessar uma fase de grande reforço da gama, justifica a decisão de se associar a um clube como o espanhol, que conta com mais de 340 milhões de seguidores. Curiosamente, não conseguimos vislumbrar uma única bandeira espanhola na assinatura do acordo, que teve lugar em Espanha, sendo que a Volkswagen já fez saber que, caso a Catalunha se torne independente – como não está previsto qualquer acordo entre a União Europeia e uma Catalunha independente –, a marca espanhola abandonaria a região, que continua a manifestar desejo de se tornar independente.