A Orey Financial já transferiu 80,58 milhões de euros de ativos dos clientes detidos em custódia em 31 de dezembro de 2018, faltando ainda transferir mais 10,5 milhões de euros, segundo informação ao mercado.

Em 10 de agosto, o Banco de Portugal anunciou que apresentou ao Banco Central Europeu um pedido de revogação da autorização da Orey Financial enquanto instituição financeira de crédito e que a proibiu de “assumir novas responsabilidades perante terceiros e de realizar pagamentos (exceto despesas correntes)” sem a sua autorização prévia, com vista a proteger “os direitos dos seus clientes e credores”.

Para esta decisão, o supervisor bancário afirmou ter tido em conta o facto de a Orey Financial “não captar depósitos de clientes e não ter uma presença significativa no mercado”.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), enviado esta segunda-feira à noite, a Orey indicou que “procedeu à transferência, ou estão em processo de transferência, cumprindo instruções dos seus clientes, ativos no montante de 90 milhões de euros correspondentes a 98,8% dos ativos detidos em custódia pela sociedade a 31 de dezembro de 2018″.

Segundo a empresa, já foram transferidos 80,58 milhões de euros e estão em execução 9,42 milhões de euros (dos quais 3,12 milhões de euros já com data de execução em agenda).

Ainda não foram recebidas ordens de instrução de transferência válidas para 1,08 milhões de euros, dos quais 92 mil euros em liquidez, refere a empresa, que indica que estes são ativos para os quais não conseguiu obter dados bancários da conta de destino e para os quais “esgotou todos os esforços comerciais e vias de comunicação”.

Assim, aguarda agora autorização da CMVM e do Banco de Portugal para “aplicação de um Processo Especial Judicial de Consignação em Depósitos, conforme está previsto na lei portuguesa, para dar cumprimento ao seu dever de entrega de ativos”.

Há um ano, a portuguesa Orey Antunes anunciava querer sair do setor financeiro “com a maior brevidade possível”, vendendo a posição acionista que detém na Orey Financial.