Uma avaria no sistema de ventilação das salas de cirurgia do Hospital de Faro obrigou ao fecho de metade das salas de operação. A notícia, avançada pelo Correio da Manhã, foi confirmada junto da administração do centro hospitalar pela Rádio Observador.

Hugo Nunes, vogal da administração, adiantou que quatro cirurgias tiveram de ser adiadas esta quinta-feira devido ao problema, detetado durante a madrugada. Este foi parcialmente resolvido, mas o bloco operatório continua a funcionar a 50%. O impacto será, contudo, “muito reduzido ou quase nulo”, garantiu Nunes.

A falha será corrigida em breve. De acordo com o membro da administração do Hospital de Faro, o trabalho deve decorrer com normalidade.