O número de mortos em acidentes rodoviários entre 01 de janeiro e 31 de agosto em Portugal foi de 312, menos 15 do que em igual período de 2018, divulgou esta segunda-feira a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). Face a idêntico período de 2017, o número de mortos foi também inferior (22).

Os dados esta segunda-feira fornecidos pela ANSR não indicam o número de feridos graves e de feridos ligeiros, mas indicadores da própria ANSR relativos ao período entre 1 de janeiro e 21 de agosto deste ano revelam que houve 1.380 feridos graves contra 1.278 em 2018.

Quanto aos feridos ligeiros, em igual período (até 21 de agosto), o número subiu de 25.475 em 2018 para 26.090 em 2019.

Não obstante a redução do número de vítimas mortais, a ANSR lembra que é necessário que todos contribuam para a diminuição da sinistralidade rodoviária, recomendando uma condução segura e o cumprimento das recomendações da ANSR e das forças de segurança.

Entre a lista de recomendações está iniciar a viagem bem repousado, não conduzir mais de oito horas por dia, não consumir bebidas alcoólicas, fazer pausa de 10 a 15 minutos a cada duas horas de condução, não usar o telemóvel, não ultrapassar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança.