Há casamentos e casamentos e no caso de Ellie Goulding, na falta de sangue real a correr-lhe nas veias, a opção foi planear uma cerimónia ao estilo de uma princesa de Buckingham. Não faltou nada, ou melhor, faltou a Rainha. Em frente à catedral de York, no passado sábado, a multidão debruçou-se sobre grades para ver passar noivos e convidados. Aos 32 anos, a cantora britânica deu o nó pela primeira vez no último sábado. O noivo, Caspar Jopling de 27 anos, é um negociante de arte, parte da equipa da Sotheby’s que se dedica à arte contemporânea, e mora em Nova Iorque.

O casal, à saída da igreja © John Rainford/GC Images

Não obstante o facto de formarem um belo casal, foi, em parte, a lista de convidados que rendeu tantas atenções à cerimónia. A família real britânica esteve presente. Sarah Ferguson, duquesa de York e ex-mulher do príncipe, juntou-se ao elenco de famosos, juntamente com as duas filhas, as princesas Eugenie e Beatrice. De Hollywood, onde vive outro tipo de realeza, chegou o casal Orlando Bloom e Katy Perry (também eles já com o casamento marcado). O comediante Jimmy Carr, a atriz Sienna Miller e os cantores James Blunt e Ed Sheeran também fizeram parte de uma lista de convidados que terá rondado as 300 pessoas.

Mas o vestido da noiva teve a sua quota-parte no aparato criado em York. Encomendado ao atelier da marca francesa Chloé, terão sido necessárias 640 horas de trabalho para concluir a peça. Sob a direção criativa da designer Natacha Ramsay Levi, o vestido até já foi comparado ao de Meghan Markle. Porquê? Pelo design extra sóbrio. Em seda e sem decotes ou transparências, Ellie Goulding, em tempos namorada do DJ Calvin Harris, optou por um modelo de manga comprida e com uma pequena gola com folho, bem ao estilo vitoriano. A decorar a textura lisa, pequenas rosas brancas bordadas com contas de vidro.

As damas de honor de Ellie Goulding © John Rainford/GC Images

Com o véu, a cantora aproveitou para fazer uma referência ao noivo. Sobre o tule branco foram bordadas as iniciais do casal — um E e um C. Com provas feitas em Paris, Ellie já disse em comunicado que trabalhou juntamente com a designer para criar um vestido “clássico” e “intemporal”. O exercício chegou a bom porto.

Ainda assim, o casamento que marcou o fim de semana foi pontuado com um momento de informalidade. A transportar os noivos esteve uma carrinha Volkswagen azul, um modelo pão de forma, decorada com as mesmas flores brancas que adornaram a catedral. Segundo o The Sun, o casal terá gasto cerca de 20.000 libras em decorações florais, mais de 22.000 euros. Veja as imagens da cerimónia, na fotogaleria.