Rádio Observador

Primeira Liga NOS

Diretor geral da FPF defende transmissão televisiva de “pelo menos um jogo” por jornada em canal aberto

O diretor geral da Federação Portuguesa de Futebol considera "um erro" vedar o acesso televisivo aberto aos jogos de futebol e quer transmitir em canal aberto "pelo menos" uma partida por jornada.

JOSE COELHO/LUSA

O diretor geral da Federação Portuguesa de Futebol, Tiago Craveiro, esteve na Soccerex para falar do trabalho feito no futebol português e considerou “um erro” vedar o acesso televisivo aberto aos jogos de futebol. Quer que “pelo menos um jogo” do Campeonato seja transmitido em sinal aberto, todas as jornadas, como acontecia antigamente.

Parte do nosso trabalho deve ser tornar o futebol acessível a todos. Desde o preço dos bilhetes até à sua transmissão televisiva. Por isso, defendo que pelo menos um jogo da I Liga devia ser transmitido em canal aberto. Fechar tudo em conteúdos pagos é um erro”, defendeu o dirigente da FPF.

Tiago Craveiro abordou ainda as constantes mudanças no negócio do futebol e antecipou que dentro de pouco tempo “as televisões vão deixar de comprar jogos de futebol e poderão ser as grandes empresas a assumir esse papel”, para depois os disponibilizarem aos clientes, à semelhança do que já acontece com o mercado da ficção.

A Soccerex, evento que junta ex-jogadores, dirigentes e outros agentes para debater a indústria do futebol, estreia-se em Portugal e, entre quinta e sexta-feira, vão passar por Oeiras nomes conhecidos da modalidade, como o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, o presidente da Liga espanhola, Javier Tebas, o antigo selecionador de França Gerard Houlier e os ex-futebolistas Christian Karembeu e Deco, entre outros, espalhados por diferentes conferências e temas que vão desde a forma de liderança no futebol europeu a novas áreas, como os e-sports.

A Soccerex organiza estes fóruns desde 1995, tendo já passado por 19 cidades e 13 países diferentes. Este ano, a organização fez uma aposta em “mercados emergentes no futebol” e já passou também pela China, em maio, marcando ainda presença nos Estados Unidos da América, em novembro. A realização da Soccerex na Europa cabe pela primeira vez a Portugal, com Oeiras a acolher mais de 60 oradores no ciclo de dois dias de conferências.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)