A Peugeot anunciou que, a partir de Outubro, vai ser possível encomendar os novos 3008 Hybrid e 3008 Hybrid4, as duas versões electrificadas do SUV compacto da marca francesa, com a primeira a ser exclusivamente híbrida e a segunda a oferecer os benefícios desta solução, além das vantagens de percorrer alguma distância em modo eléctrico, devido ao facto de possuir uma bateria maior e mais potência nos motores eléctricos.

À semelhança dos restantes fabricantes, também a Peugeot tem necessidade de propor modelos menos poluentes e com menores consumos, por tabela anunciando menores emissões de dióxido de carbono (CO2). Tal como o CEO da PSA, Carlos Tavares, já tinha anunciado, para atingir a meta de 95 g de CO2 por km em 2020, além dos veículos 100% eléctricos, que emitem 0% de CO2, são necessários muitos modelos electrificados, capazes de servir quem ainda não está pronto a encaixar um veículo exclusivamente eléctrico no seu dia-a-dia, oferecendo maior autonomia à custa do motor de combustão e maior rapidez no reabastecimento (atestar com gasolina continua a ser muito mais rápido do que recarregar a bateria), sem contudo impedir o utilizador de beneficiar das vantagens do veículos eléctricos, pois os híbridos plug-in (PHEV) permitem percorrer cerca de meia centena de quilómetros em modo eléctrico, com vantagens para a carteira e para o ambiente.

Daí que a Peugeot arranque, a partir de Outubro, com as encomendas das versões Hybrid e Hybrid4 do 3008, com a primeira a assumir-se como uma proposta exclusivamente híbrida, com um motor a gasolina a surgir ajudado por uma unidade eléctrica. O motor a gasolina do 3008 Hybrid é o 1.6 PureTech com 180 cv da PSA, a que soma os 110 cv do motor eléctrico com integra dentro da caixa de velocidades, a e-EAT 8 automática com oito velocidades. No total, o 3008 Hybrid conta com 225 cv e apenas tracção à frente, apesar da marca não ter revelado mais dados sobre o consumo e prestações desta versão, que começará a chegar aos clientes na Primavera de 2020.

Mais interessante parece ser o 3008 Hybrid4, o PHEV da família. O motor a gasolina é o mesmo 1.6 PureTech, mas aqui na versão de 200 cv, a que associa um motor eléctrico integrado na caixa de velocidades e-EAT 8, além de uma segunda unidade similar no eixo traseiro. A Peugeot consegue assim ter mais potência disponível, de forma a garantir tracção integral 4×4, sem ter necessidade de montar veios de transmissão ou diferencial traseiro. Alimentado por uma bateria de 13,2 kWh, o 3008 PHEV consegue percorrer 59 km em modo eléctrico, além de atingir os 100 km/h em 5,9 segundos, uma vez que dispõe de uma potência acumulada de 300 cv.

Com uma velocidade máxima em modo eléctrico limitada a 135 km/h, para não castigar em demasia a autonomia, o 3008 Hybrid4 é capaz de recarregar o acumulador em 7 horas na tomada lá de casa, a 3,2 kW, para realizar a mesma operação numa wallbox doméstica que garanta 7,4 kW em 1 hora e 45 minutos. Ao anunciar a emissão de somente 29 g de CO2/km e um consumo de apenas 1,3 l/100 km, este PHEV terá grandes vantagens em termos de benefícios fiscais.