Jieni Shao, Fu Yu e Leila Oliveira não conseguiram ser campeãs europeias de ténis de mesa por equipas, ao serem batidas pela Roménia na final de Nantes por 3-0. Ainda assim, é a primeira vez que Portugal conquista a medalha de prata nesta competição.

No primeiro jogo, a portuguesa Jieni Shao perdeu com Bernadette Szocs por 3-2 (parciais de 11-7, 8-11, 5-11, 11-7 e 11-6).

Seguiu-se outra derrota de Fu Yu frente a Daniela Dodean Monteiro — romena casada com João Monteiro, jogador de ténis de mesa português (parciais de 7-11, 11-8, 11-9, 6-11, 11-3).

E no derradeiro jogo, Leila Oliveira foi derrotada por Elizabeta Samara por 3-0 (parciais 11-7, 11-9 e 11-6).

Em declarações à rádio Observador, Fu Yu considera que já é muito positivo ter um lugar no pódio e diz que agora o próximo objetivo é o ouro.

Fu Yu diz que qualquer medalha é bem-vinda e espera trazer o ouro nas próximas edições

O presidente da federação de ténis de mesa, Pedro Miguel Moura, também em declarações à rádio Observador, considera o segundo lugar um momento ”especial e único”.

Pedro Miguel Moura destaca a estratégia encetada a partir de 2013, que permitiu "um momento especial" para a seleção feminina

Portugal chegou à final depois de ter eliminado a Alemanha nos quartos de final (3-2) e a Hungria na meia-final (3-1). Por sua vez, para chegar à final, a Roménia tinha eliminado França (3-0) e a Polónia (3-1).

Portugal disputa ainda este domingo, pelas 15:00, a final do Europeu masculino por equipas.

Notícia atualizada às 15:58