A Universidade de Évora (UÉ) anunciou esta segunda-feira que quase mil novos estudantes ficaram colocados nos seus cursos na 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA), dos quais 88% escolheram a academia alentejana como primeira opção. “Os resultados apontam para a continuidade da tendência de crescimento do número de estudantes, um indicador da confiança na instituição, para a qual tem contribuído a estratégia focada na contínua inovação ao nível da oferta formativa e a permanente construção de pontes ao nível regional, nacional e internacional”, afirmou a reitora da UÉ, Ana Costa Freitas.

Segundo a academia, o número de candidatos a mestrados, doutoramentos e pós-graduações regista um aumento “na ordem dos 30% em relação à média dos últimos quatro anos” e os candidatos internacionais no 1.º ciclo e nos mestrados integrados subiu “80%”.

Estima-se que, após a conclusão da 3.ª fase do CNA e das restantes vias de ingresso, o número de novos estudantes inscritos na UÉ em licenciatura, mestrado integrado, mestrado e doutoramento ascenda a 1.700″, acrescentou.

Nesta 1.ª fase de acesso do CNA, 14 dos 34 cursos oferecidos pela UÉ preencheram a totalidade das vagas, nomeadamente Engenharia Informática, Geografia, Ciências do Desporto ou Medicina Veterinária. Os outros cursos cujas vagas disponibilizadas foram preenchidas são Design, Teatro, História e Arqueologia, Ciências da Educação, Gestão, Psicologia, Relações Internacionais, Sociologia, Turismo e Enfermagem.

Para a 2.ª fase do CNA, que decorre desde esta segunda-feira e até ao dia 20 deste mês, a UÉ coloca a concurso cerca de 200 vagas, distribuídas por todos os cursos oferecidos para o ano letivo de 2019/20.

O número de colocados na primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior aumentou para os 44.500 estudantes, 1,2% acima de 2018, revelam os dados oficiais que indicam ainda que mais de metade entrou na sua primeira opção.

Os resultados da primeira fase do CNA estão disponíveis na página da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES). Os candidatos puderam concorrer a 1.087 cursos nas universidades e politécnicos públicos. A segunda fase de candidaturas decorre entre 9 e 20 de setembro e os resultados são divulgados a 26 de setembro.