Rádio Observador

Tesla

Nico oferece-se para pilotar Tesla no Nürburgring

A “guerra” entre Porsche e Tesla, em torno do tempo por volta no circuito de Nürburgring continua. Depois de Musk afirmar que o Model S iria visitar a pista, Nico Rosberg ofereceu-se para o pilotar.

Afinal, a deslocação da Tesla ao anel norte do Nürburgring (Nordschleife) não é tão simples quanto pareceu inicialmente. E, sobretudo, não parece tratar-se de uma resposta directa à acção promocional que a Porsche levou a cabo para promover a reputação do seu novo Taycan como berlina eléctrica desportiva.

Segundo o que foi publicado pela Road & Track, que revela um comentário de um porta-voz da Tesla, a marca norte-americana admite que foi convidada pelo próprio circuito, para ali rodar naquilo que denominam Industry Pool Testing. Trata-se de um período em que os fabricantes podem ali rodar com os seus carros, mas em que são proibidos de divulgar os tempos por volta que conseguem obter. Para que isso aconteça, é necessário alugar a pista e, na presença de comissários que certificam que o veículo utilizado é de série e que até os pneus estão homologados para circular em estrada aberta ao público, realizar um tempo por volta. Tanto quanto a publicação americana conseguiu apurar, a Tesla já confirmou a sua presença no Nürburgring.

Se os objectivos desta incursão do Model S pelo Nürburgring não são claros, certo é que a Tesla já encontrou um piloto rápido e de créditos firmados, como é o caso do ex-campeão do mundo de Fórmula 1 Nico Rosberg. Depois de Musk revelar que o Model S iria estar no circuito alemão, através do Twitter, Nico ofereceu-se para conduzir o carro pela mesma via e, logo, de forma pública. Oferta irrecusável que o CEO da Tesla aceitou de bom grado.

Resta saber como decorrerá a sessão na pista alemã, conhecida como o Inferno Verde, não sendo impossível que Nico, reputado piloto local e com um popular canal de YouTube, consiga “contornar” os impedimentos que aparentemente existem ao registo de uma volta rápida.

Independentemente do interesse desta disputa entre Tesla e Porsche, os clientes da marca americana parecem estar bem mais interessados da data de introdução dos novos motores no Model S (similares aos que já existem no Model 3 e que deverão assegurar mais 10% de autonomia), bem como os novos packs de baterias com as células maiores, as 21700 (também já utilizadas no Model 3), que permitirão melhorar ainda mais a autonomia, capacidade de recarregar a 250 kW (em vez de 200 kW) e até adoptar um Track Mode, para suportar uma condução mais agressiva.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt
Minas

O lítio. Contra a desinformação marchar, marchar!

Filipe Anacoreta Correia
738

A extração do lítio não representa um retorno elevado e a acontecer seria o mais grave atentado à riqueza do nosso país: o desenvolvimento sustentável e a preservação do seu património natural.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)