Uma jovem de 21 anos estava a tentar tirar a filha bebé de dois anos do banco da frente do carro através da janela entreaberta, quando a criança carregou num botão automático e fez subir o vidro. Naquele momento, a jovem mãe ficou com o pescoço preso, o que causou danos cerebrais. Acabaria por morrer oito dias depois no hospital devido aos graves ferimentos.

O acidente ocorreu no dia 31 de agosto — dia em que a jovem festejava o aniversário com amigos — em Staroe Selo, Bielorrússia, e a notícia foi avançada por órgãos de comunicação locais e internacionais. As autoridades bielorrussas explicaram que foi o marido a encontrar a jovem: o homem partiu o vidro da janela do carro para salvar a esposa, que estava inconsciente.

“No dia 31 de agosto, perto das 16h30, o marido encontrou-a inconsciente, com o pescoço preso pela janela na porta da frente do lado esquerdo so carro da família”, explicou Dmitry Ivanyuk, citado pelo The Sun, do comité de investigação bielorrusso.

A vítima foi imediatamente transportada para o hospital regional de Brest, “em estado grave e com sinais de asfixia mecânica e traumas”, adiantou a mesma fonte. Acabaria por morrer oito dias depois, precisamente vítima de asfixia.

Para além da bebé, o casal tem outra filha, de quatro anos. A polícia está a investigar o caso.