Rádio Observador

Curiosidades Auto

Chapa de matrícula “TRUMP” é ofensiva na Suécia

294

Em Portugal, as chapas de matrícula são o que são e não permitem personalizações. Porém, há países que convidam à criatividade mas impõem limites: “TRUMP não é aceite por ser considerada ofensiva”.

Autor
  • Observador

Apesar dos ódios pessoais de Donald Trump se centrarem nos imigrantes em geral, mas nos mexicanos e negros em particular, o Presidente norte-americano não consegue ser bem aceite nem em países em que a tez branca e o cabelo louro estão “generalizados”. Vem isto a propósito da Suécia, país nórdico que tal como os EUA e o Reino Unido, entre outros, permite chapas de matrícula personalizadas e cobra extra pela distinção.

Segundo a Associated Press, o sueco Marcuc Saaf – que estaria embriagado, segundo o próprio – achou giro pedir e pagar à Direcção de Transportes local para que a matrícula do carro americano que tinha adquirido exibisse as letras TRUMP. Não é novidade, tanto mais que noutros países que também personalizam matrículas (no caso nos EUA) houve quem registasse Obama enquanto este era Presidente, como pode ver na galeria.

Porém, o organismo sueco informou Saaf que considerava “aquele arranjo de letras ofensivo”, sublinhando que a sua decisão “não era passível de apelo”. O popular jornal sueco Aftonbladet deu a notícia, avançando que Marcus Saaf não tinha outro objectivo que não fosse associar o seu carro americano ao nome do actual Presidente do país, para depois, em jeito de desculpa, confirmar que efectivamente estava bêbado na altura e que, talvez por isso, lhe pareceu uma ideia divertida.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Minas

O lítio. Contra a desinformação marchar, marchar!

Filipe Anacoreta Correia
738

A extração do lítio não representa um retorno elevado e a acontecer seria o mais grave atentado à riqueza do nosso país: o desenvolvimento sustentável e a preservação do seu património natural.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)