O Cristo Rei, em Almada, e monumentos de Coimbra e de Braga vão estar iluminados, no domingo à noite, com as cores da bandeira nacional, no âmbito dos 40 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS). O desafio foi lançado pelo Ministério da Saúde e visa prestar uma homenagem ao SNS, no dia em que se assinalam os 40 anos da publicação em Diário da República da Lei n.º 56/79 que criou aquele serviço.

Segundo os promotores, no âmbito da iniciativa, “três monumentos nacionais irão permanecer iluminados na noite de domingo com as cores da bandeira nacional”.

Além do Cristo Rei, considerado um icónico miradouro sobre as duas margens do rio Tejo, também os municípios de Coimbra e de Braga “não quiseram deixar de assinalar a efeméride e associaram-se às várias iniciativas nacionais com que se assinalam os 40 anos do SNS”, lê-se no comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a nota, em Coimbra, o 40.º aniversário do SNS será celebrado através da iluminação do edifício dos Paços do Concelho com as cores da bandeira nacional. Em Braga, o edifício da Arcada, na Praça Central da cidade, permanecerá iluminado na noite de domingo, para “assinalar os primeiros passos da grande reforma do SNS idealizada por António Arnaut”.

A Lei n.º 56/79, que criou o SNS, foi publicada em Diário da República em 15 de setembro de 1979, concretizando o direito à proteção da saúde, a prestação de cuidados globais de saúde e o acesso a todos os cidadãos, independentemente da sua condição económica e social. “Ao longo dos últimos 40 anos, o SNS gerou ganhos em saúde que colocaram Portugal num lugar cimeiro no que se refere à qualidade de vida de milhões de cidadãos e reduziu muitas das desigualdades na sociedade portuguesa”, refere-se no comunicado.