O antigo atleta de râguebi galês Gareth Thomas revelou este domingo que vive há anos infetado com o VIH (vírus da imunodeficiência humana, que pode provocar sida). Thomas, que tem 45 anos, foi uma das grandes figuras do râguebi britânico nas últimas duas décadas e meia, tendo atuado em clubes como o Cardiff RFC, os Celtic Warriors e o Toulouse, entre outros.

A revelação foi feita depois de o antigo jogador ter sido chantageado. Gareth Thomas terá ainda visto jornalistas de tablóides britânicos deslocarem-se a casa dos seus pais, refere o jornal The Guardian.

Num vídeo publicado pelo The Guardian, um excerto retirado de um documentário que está a ser ultimado sobre a sua história, Thomas fala em lágrimas sobre o tema. “A razão pela qual estou a fazer isto é, antes de mais, porque quero lembrar-me outra vez de como é viver. Quero lembrar-me de como é sentir-me livre”, refere.

Já em declarações ao tablóide inglês Sunday Mirror, o antigo jogador de râguebi afirmou: “Vivi com este segredo durante anos. Senti vergonha. Passei por um período negro, a sentir-me suicida. Pensei em atirar-me de um penhasco com um carro. Para mim, morrer foi um pensamento natural e chegou a parecer-me uma saída fácil, mas temos de enfrentar as coisas”.

A antiga estrela do râguebi galês já recebeu mensagens de apoio de figuras britânicas como o príncipe William e o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn. Através do Twitter, William escreveu: “Corajoso como sempre — uma lenda no campo e uma lenda fora dele. Tens o nosso apoio, Gareth” Já Corbyn sublinhou o “exemplo” dado por Thomas no “combate ao estigma e ao preconceito”.

No vídeo que publicou no Twitter, o antigo jogador de râguebi aludiu à chantagem de que foi alvo. “Vivo com HIV. Agora que têm essa informação, [saibam que] ela torna-me vulnerável mas não fraco. Apesar de ter sido forçado a dizer-vos isto, escolho educar e combater o estigma que existe em torno deste assunto. E isso começa hoje”.

Depois de revelar o seu “segredo”, o antigo jogador de râguebi participou na competição de triatlo (de longa distância) Ironman, desafiando-se a completar os cerca de 225 quilómetros da prova que engloba natação, corrida e ciclismo. O antigo jogador de râguebi teve mesmo aulas de natação para poder participar, dado que não sabia nadar. E conseguiu superar-se e terminar a prova, com um tempo de 12 horas e 18 minutos, tendo sido “aplaudido pela multidão” pelo caminho, segundo relatos da estação britânica ITV. No Twitter, existem já vídeos que registam a emoção de Thomas no final da prova.