O preço do barril de petróleo Brent para entrega em novembro encerrou esta segunda-feira no mercado de futuros de Londres a subir 14,59%, para 69,02 dólares, depois dos ataques às instalações da petrolífera saudita no passado fim de semana.

O crude do mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão no International Exchange Futures a cotar 8,79 dólares acima dos 60,23 com que fechou as transações na sexta-feira.

Os ataques com ‘drones’, reivindicados pelos rebeldes Houthis do Iémen, reduziram a produção saudita em cerca de 5,7 milhões de barris por dia, o que representa cerca de 5% da produção global.