O antigo vice-presidente norte-americano Joe Biden exigiu nesta sexta-feira que o atual presidente, Donald Trump, divulgue a transcrição de um telefonema em que teria pedido ao homólogo ucraniano que investigasse a sua família.

Em comunicado, Biden, que está a disputar a nomeação democrata para as eleições presidenciais, afirmou: “Se estas acusações são verdadeiras, então a vontade do Presidente Trump abusar do seu poder e humilhar o nosso país não conhece limites.” Neste texto, exigiu também que Trump “publique imediatamente a transcrição do telefonema em causa, para que o povo norte-americano possa julgar por si mesmo”.

Donald Trump foi acusado de solicitar ao novo líder ucraniano que investigasse o filho de Biden.