A chuva forte que atingiu este sábado Lisboa, entre as 18h30 e as 19h30, provocou 16 ocorrências comunicadas ao Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB), na sua maioria inundações.

O chefe de turno Pedro Ribeiro explicou à Agência Lusa que foram ocorrências de pequena dimensão, como algerozes entupidos, tetos e telhados em mau estado de conservação ou até mesmo sarjetas e ralos entupidos, por falta de limpeza.

O site do RSB apresenta várias ocorrências de inundações em espaços públicos e privados, bem como a queda de cabos elétricos e um acidente de viação, do qual resultou um ferido ligeiro.

Lisboa não é o único distrito do país afetado pela chuva. Para este sábado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) previu céu geralmente muito nublado, com diminuição de nebulosidade a partir do final da tarde, chuva em todo o país, sobretudo ao início da tarde, passando gradualmente a queda de aguaceiros, e temperaturas que rondam os 20 graus (máxima) e os 15 graus (mínima).

Para domingo, espera-se uma melhoria do estado do tempo, com aguaceiros em geral fracos nas regiões norte e centro, sobretudo litoral, até meio da tarde. Haverá, contudo, uma pequena descida de temperatura, que só deverá subir a partir de segunda-feira. A chuva deverá manter-se nos próximos dias.