Comer não é só picar alimentos com o garfo e levá-los à boca — vai muito além disso: É partilhar, falar, aprender, conhecer e inovar. É precisamente para demonstrar isso e destacar o sempre crescente panorama gastronómico lisboeta que se realiza a quarta edição da Lisbon Food Week, que começa já esta quinta-feira, 26 de setembro, e se estende até dia 4 de outubro.

Aproximam-se nove dias onde se vai discutir, provar e conversar sobre comida sem parar, seja através de workshops, jantares, almoços, debates ou apresentações — até haverá a final do concurso de Barman do Ano. O programa de atividades é longo mas estas oito sugestões podem dar jeito caso só agora esteja a descobrir este que já é um dos eventos gastronómicos do ano. Tome nota dos que mais lhe interessam e apresse-se a reservar lugar — há poucos e desaparecem rápido.

Esta Carne que Eu Amo

Restaurante Sala de Corte; 26 de setembro; 20h; 75€ (sem masterclass e bebidas) ou 90€ (com masterclass mas sem bebidas)

Reservas: ines.feijao@multifood.pt ou através do 910 014 798

O jantar de abertura desta semana em cheio dá-se com uma overdose saudável de proteína animal em mais um jantar Esta Carne Que Eu Amo. O chef Luís Gaspar, da Sala de Corte, é o anfitrião desta noite onde será servido um menu de oito pratos com sugestões como tártaro de vaca galega com maçã verde e molho kimchi ou txistorra (espécie de salsicha basca) na brasa com puré de batata trufado, cogumelos e espargos. A grande novidade desta noite surge… à tarde: está programada uma masterclass com o mestre talhante espanhol Imanol Jaca onde se vai poder participar no desmanche de um vão de carne de vaca Rubia Gallega. Não precisa de participar nesta proposta caso lhe interesse apenas o jantar mas uma oportunidade como esta não é de desperdiçar.

Almoço IN Between

Carpintarias de São Lázaro; 28 de setembro; 13h; 40€ (sem bebidas)

Reservas: booking.inbtwn@gmail.com

A recém inaugurada galeria lisboeta vai ser palco do aguardado regresso do chef Tiago Feio, nome forte do saudoso Leopold que juntamente com Ana Raminhos vai propor uma refeição diferente, onde arte e comida andam de mão dada para perceber as ligações ou separações que existem entre a cidade de Lisboa e a natureza. Falamos de pratos que serão representações de algumas dicotomias como natureza versus gastronomia, interior versus exterior ou complexidade versus simplicidade. É um almoço/performance que na prática tenta olhar para a capital como uma floresta, por exemplo, que vive, cresce, morre e floresce.

Jantar a seis mãos com João Rodrigues e os gémeos russos do restaurante Twins

Restaurante Feitoria; 28 de setembro; 19h30; 150€ (com bebidas)

Reservas: fbbelem@altishotels.com ou através do 210 400 203

É um dos eventos mais aguardados. Ivan e Sergey Berezutski são os dois irmãos gémeos que lideram o restaurante Twins Garden, na Rússia, e que neste momento ocupam a 19ª posição da lista The World’s 50 Best Restaurants. João Rodrigues é o português à frente do estrelado Feitoria, em Belém, e estas seis mãos vão estar em alta rotação na noite de 28 de setembro num jantar conjunto que tem gerado grandes expectativas e que vai juntar o melhor da comida russa e portuguesa.

Revival Taberna do Mercado

Restaurante Prado; 29 de setembro; 13h; 80€ (mais 30€ com bebidas)

Reservas: www.pradorestaurante.com

É o Yoda a lutar ao lado de Luke Skywalker; Kirk Douglas a contracenar com Michael; Alex Ferguson a jogar ao lado de Cristiano. O Prado Restaurante vai ser palco de um reencontro entre mestre e aprendiz onde os chefs Nuno Mendes e António Galapito (respetivamente) voltam a partilhar uma cozinha para relembrar o tempo que passaram juntos na Taberna do Mercado, célebre restaurante de Mendes em Londres. A refeição contará com um total de dez pratos mas não foram revelados mais pormenores sobre este grande almoço onde seguramente desfilarão vários clássicos que celebrizaram este projeto londrino com sotaque português.

Congresso dos Cozinheiros

Lx Factory; 29 e 30 de setembro; das 9h30 às 20h; 80€ (preço diário), 150€ (passe dois dias)

Bilhetes: www.congressodoscozinheiros.etaste.pt

Este será muito provavelmente o epicentro desta Lisbon Food Week, muito por culpa de ser o espaço onde se congela e analisa o panorama da gastronomia portuguesa nesse momento e projeta-se aquilo que poderá vir a ser o futuro. Há sempre inúmeras apresentações de cozinheiros portugueses a trabalhar em Portugal e não só, bem como degustações, bebidas e muito mais. De há uns anos para cá tem havido uma maior aposta na internacionalização deste evento, nomeadamente através da participação de cozinheiros e pensadores de comida estrangeiros. Neste ano esse caminho mantém-se e vão ter a palavra ilustres como os chefs Juanjo Lopez (da Tasquita de Enfrente, em Madrid), Manu Buffara (do Restaurante Manu, em Curitiba), Ivan e Sergey Berezutski (do Twins Garden, em Moscovo) e Onildo Rocha (do Roccia, em Paraíba). Desengane-se quem achar que este evento é só para profissionais da área da restauração e hotelaria — qualquer um pode participar neste Congresso.

A Ordem da Cabidela

Plano Restaurante; 30 de setembro; 20h; 40€ (com bebidas)

Reservas: reservas@planorestaurante.com

Ainda hoje não é um prato consensual mas é inegável, contudo, que quem gosta desta especialidade com sangue… gosta mesmo. O chef Vítor Adão, que recentemente abriu o restaurante Plano, em Lisboa, é um dos membros fundadores desta Ordem da Cabidela e será ele o anfitrião para este jantar/cerimónia de entronização de novos “cavaleiros” desta iguaria. A tratar do repasto — que será cabidela, para surpresa de muitos — estará o próprio Adão mas também um leque garboso de outros cozinheiros — falamos de Henrique Mouro, Helena Ventura, José Júlio Vintém e António Loureiro. Será com certeza uma noite de celebração e partilha em honra de uma das mais carismáticas especialidades portuguesas.

Life Time Dinner Series – Primeiro aniversário do restaurante CEIA

Restaurante Ceia; 2 de outubro; 20h; 170€ (bebidas incluídas)

Reservas: 910 842 465

Já lá vão 12 meses desde que o jovem cozinheiro Pedro Pena Bastos se mudou da Herdade do Esporão (onde muitos o atiravam rumo às estrelas Michelin) para Lisboa de forma a inaugurar o seu inovador Ceia, restaurante com uma só mesa e menu que rapidamente se tornou numa das experiências gastronómicas mais interessantes da cidade. Para comemorar a sua primeira volta ao sol o chef convidou o conceituado brasileiro João Ferraz para dividir com ele a sua cozinha numa noite especial, de festa, onde apenas 14 pessoas vão poder participar. É reservar enquanto ainda é tempo.

#novalisboa

Restaurante Pigmeu; 2 de outubro; das 18h às 00h; preços à carta

Reservas: não há, basta aparecer

Esta será seguramente a maior festa de toda a Lisbon Food Week. Num momento em que a gastronomia e restauração lisboetas ganham um novo fôlego à conta de toda uma nova geração de produtores, cozinheiros e enólogos, Miguel Peres, o responsável por este restaurante em Campo de Ourique, decidiu celebrar todo este sangue novo que tem percorrido as artérias da cidade. Trata-se de uma grande festa que vai juntar comida e bebida em barda (basta ver que os comes ficarão à responsabilidade de projetos como o Essencial, a Comida Independente, o Bicho Mau, o Queimado, Ela Canela, Vino Vero, Taqueria Pistola y corazón, Taberna do Sal Grosso, Senhor Uva, Faz Frio e Prado). Tudo o que tiver a ver com bebida será assunto para distribuidores como os Goliardos, Rebel Rebel e Vinhos Livres. Só tem de aparecer, comer, beber e conversar.