A taxa de desemprego em Portugal terá caído para 6,2% em agosto, calcula uma estimativa provisória do INE divulgada esta sexta-feira. A confirmar-se, será o valor mais baixo dos últimos 17 anos.

Em agosto de 2019, a estimativa provisória da taxa de desemprego foi de 6,2%, tendo diminuído 0,2 pontos percentuais, em relação ao mês anterior” — em julho, confirmou também esta sexta-feira o INE, a taxa de desemprego fixou-se nos 6,4% (uma décima melhor do que inicialmente estimado). Esse é um valor que fica abaixo da previsão do Governo para este ano, que é de 6,6%.

Em comparação com o mesmo mês de agosto do ano passado, o INE indica que os 6,2% serão, a confirmar-se, uma descida de 0,8 pontos percentuais.

Comparando com o mês precedente, a população desempregada diminuiu 5 mil pessoas (1,5%) e a população empregada aumentou 11,4 mil pessoas (0,2%).”

O INE calcula que em julho havia cerca de 4,844 milhões de pessoas empregadas em Portugal, um número que terá subido para 4,862 milhões em agosto.

O organismo estatístico acrescenta que, em agosto de 2019, a população desempregada – cuja estimativa provisória foi de 318,8 mil pessoas – diminuiu 4,2% (13,9 mil) em relação ao mês anterior e baixou 11,6% (41,9 mil) em relação ao mês homólogo.

Fonte: INE