Um incêndio numa zona de mato na freguesia de Âlcantara, perto de Monsanto, em Lisboa, mobilizou na noite de sábado mais de 80 bombeiros e mais de 20 veículos terrestres. Uma fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa disse ao Observador pouco tempo depois do início do fogo (cerca das 20h00), que este já estaria em fase de rescaldo.

No entanto, mais de quatro horas depois ainda estavam no local em operações mais de 65 homens, apoiados por 21 veículos, segundo os dados mais recentes no site da Proteção Civil.

Um utilizador do Twitter publicou duas fotografias e um vídeo do incêndio, à distância. No site da Proteção Civil, o fogo aparece como estando “em fase de resolução”. Às 00h30, o fogo em Alcântara era mesmo o único no país ainda em fase de resolução, e mobilizava mais meios do que todos os outros incêndios ativos juntos (3 em Castelo Branco e um em Faro).

O Observador começou por tentar contactar o Comando Distrital das Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa, que remeteu informações para o Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa. Este, contactado, revelou apenas que o incêndio estava “em fase de rescaldo”, acrescentando que só seria possível obter mais informações num posto instalado no local.