Duas mil árvores vão ser entregues a estudantes da Universidade de Aveiro (UA) para cuidarem delas até fevereiro, altura em que as irão plantar em zonas desflorestadas, anunciou esta segunda-feira fonte académica.

As árvores são entregues na quarta-feira, no Campus da Academia de Aveiro, naquele que é o ponto de partida da iniciativa “Plantar o Futuro” que, pelo segundo ano consecutivo, envolve o meio universitário na reflorestação do país.

Os estudantes e a restante comunidade académica são convidados a apadrinhar carvalhos-alvarinhos, amieiros, freixos, salgueiros e choupos, todas árvores autóctones da floresta portuguesa.

Após a entrega, as árvores ficam ao cuidado dos estudantes até fevereiro, altura que serão utilizadas na reflorestação de áreas do município de Estarreja.

Organizada pelo Grupo para a Sustentabilidade da UA, pela associação Agora Aveiro e pela Câmara Municipal de Estarreja, a iniciativa “quer dar o exemplo na defesa e promoção da floresta autóctone e do seu valor na mitigação das alterações climáticas, resiliência contra incêndios, regulação e melhoria do clima e conservação da biodiversidade”.

Paulo Jorge Ferreira, Reitor da Universidade de Aveiro, juntamente com representantes da Câmara Municipal de Estarreja, entrega ao início da tarde de quarta-feira, em frente ao edifício da Reitoria, as primeiras árvores aos padrinhos e madrinhas.

Além das árvores, os participantes vão receber um ‘kit’ com instruções sobre como tratar das árvores, e ainda uma linha de apoio, prestada pelo Núcleo de Estudantes de Biologia, bem como informação sobre a floresta portuguesa.

Em fevereiro, após a época de exames, os alunos serão convidados a participar nas ações de reflorestação a decorrer em Estarreja, sob a orientação técnica da Agora Aveiro e da Associação bioliving.

O “Plantar o Futuro” é um projeto que conta com o apoio do Instituto Português do Desporto e da Juventude, através do Programa Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas, sendo cofinanciado pela União Europeia e pelo Instituto Camões.