O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve em Setúbal, no cumprimento de um mandado de detenção europeu, um homem procurado pelas autoridades italianas pela prática de crime de roubo agravado, foi anunciado esta terça-feira.

O homem, natural do Leste Europeu, foi detetado e detido no final da semana passada em Setúbal e presente ao Tribunal da Relação de Évora para lhe ser fixada medida de coação, explica o SEF, em comunicado enviado à agência Lusa.

No mesmo comunicado, o SEF informa ter realizado na segunda-feira uma operação de fiscalização numa exploração agrícola e em dois estabelecimentos comerciais na zona de Beja, denominada “Babel”, na qual foram identificados 12 cidadãos estrangeiros, provenientes da região indostânica (localizada entre o norte da Índia e o sul do Paquistão), quatro dos quais em situação irregular em Portugal.

Segundo o SEF, os quatro cidadãos estavam em situação irregular em Portugal por não possuírem documentos ou visto que os habilitassem a permanecer no Espaço Schengen e nenhum deles tinha dado início ao processo de regularização em território nacional.

Os quatro cidadãos foram notificados para abandonar Portugal no prazo de 20 dias e foi instaurado um procedimento contraordenacional à entidade patronal por utilização da atividade de estrangeiro em situação ilegal, indica o SEF.