Bernie Sanders, candidato à presidência dos Estados Unidos, foi hospitalizado e operado esta terça-feira à noite por causa de uma artéria obstruída, confirma um comunicado de Jeff Weaver, conselheiro do político citado pela ABC News. Bernie Sanders queixou-se de dores no peito durante uma ação de campanha e foi levado para o hospital, onde foi submetido a duas cirurgias para colocar dois stents — balões que mantém as artérias abertas e permitir a circulação do sangue.

As ações de campanha de Bernie Sanders agendadas para os próximos dias foram canceladas. Mas a equipa do candidato garante que está “a recuperar”, “comunicativo” e com “bom humor”: “Ele ficará a descansar nos próximos dias. Estamos a cancelar os seus eventos e aparições públicos até novo aviso e continuaremos a fornecer atualizações sempre que fizer sentido”, pode ler-se no comunicado.

*Em atualização