A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal deteve oito homens suspeitos de envolvimento num tiroteio que ocorreu no passado dia 27 de agosto, na aldeia de Paio Pires, no concelho do Seixal, foi esta quarta-feira anunciado.

Segundo a PJ, os oito detidos, que estão indiciados pelos crimes de tentativa de homicídio, dano qualificado e detenção de arma proibida, são os presumíveis autores de diversos disparos com arma de fogo na via pública, na sequência de uma desavença ocorrida alguns dias antes, a 23 de agosto, numa marisqueira da aldeia de Paio Pires, no Seixal, distrito de Setúbal.

De acordo com a PJ, os suspeitos terão procurado as pessoas com as quais se tinham envolvido em desacatos no interior da marisqueira e efetuaram inúmeros disparos contra edifícios de habitação que “só por mera casualidade não provocaram a morte de ninguém”.

Na operação da Polícia Judiciária de Setúbal batizada com o nome de `Faroeste´, que contou com a colaboração do Comando Territorial de Setúbal e da Unidade de Intervenção da GNR, foram realizadas duas dezenas buscas domiciliárias e não domiciliárias, tendo sido apreendido diverso material probatório.

Os detidos serão esta quarta-feira presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.