Ficou em prisão preventiva o homem de 27 anos que se entregou na noite desta terça-feira às autoridades por estar na posse de pornografia infantil. O Tribunal de Sintra aplicou-lhe a medida de coação máxima e o suspeito vai agora aguardar os próximos passos judiciais no Hospital-Prisão de Caxias.

O homem entregou-se na noite desta terça-feira, na esquadra da PSP do Cacém, em Sintra, dizendo que tinha no seu telemóvel vídeos de pornografia de menores e que decidiu entregar-se por não conseguir aguentar o desejo sexual por crianças. De acordo com a TVI, o suspeito já tinha trabalhado numa creche e preparava-se para começar a trabalhar no espaço infantil KidZania.

A PSP realizou buscas em casa do suspeito. Ao que o Observador apurou, na casa do suspeito foram apreendidos três portáteis, um telemóvel, pens e um vibrador.