O Presidente russo, Vladimir Putin, diz que Greta Thunberg está a ser manipulada por adultos e que ninguém lhe explicou que “o mundo é complexo”. Num fórum sobre energia em Moscovo, na quarta-feira, Putin afirmou que o recente discurso da jovem ativista na Cimeira da Ação Climática não o “entusiasma” e deixou mesmo um conselho à sueca: “Vai explicar a países menos desenvolvidos porque deveriam continuar a viver na pobreza, em vez de serem como a Suécia”.

Posso desapontá-los, mas não partilho do entusiasmo geral em relação ao discurso de Greta Thunberg [na cimeira]”, disse Putin no evento.

Vladimir Putin aponta que “ninguém explicou a Greta” — que considera uma rapariga bondosa e sincera — que “o mundo moderno é complexo”. O Presidente da Rússia diz também que jovens que lutam pelo ambiente devem ser apoiados, mas é perentório: “Quando alguém está a usar crianças e adolescentes para os seus interesses pessoais, isso tem de ser condenado”.  O chefe russo nunca chega a apontar nomes nem a fazer referência a nomes concretos, mas reforçou que “os adultos” não podem envolver crianças neste tipo de “situações extremas”.

A Duma, a casa baixa do parlamento russo, convidou recentemente a ativista de 16 anos a visitar a Rússia.

Antes das declarações de Putin, já Donald Trump tinha criticado o discurso de Greta Thunberg em Nova Iorque. “Está tudo errado. Não deveria estar aqui. Devia estar de regresso à escola do outro lado do oceano. Mas todos me procuram em busca de esperança. Como se atrevem? Vocês roubaram os meus sonhos e a minha infância com palavras vazias”, declarou na altura a sueca, em lágrimas. Trump escreveu depois no Twitter que Greta parece “uma rapariga muito feliz que está perante um futuro brilhante e espetacular”.