Esta semana, o aeroporto de O’Hare, em Chicago, foi palco de um incidente que poderia ter graves consequências. Um carro de transporte de catering começou a rodopiar fora de controlo junto a um aparelho da American Airlines, ameaçando a todo o momento embater no avião, o que poderia causar um acidente grave, uma vez que há indícios que o avião estaria ligado à manga, com passageiros a bordo e, provavelmente, a reabastecer.

O incidente foi registado por um passageiro de outro voo, ainda no terminal, que filmou o caos provocado pelo carro aos piões na placa, deslocando-se cada vez mais para junto do trem de aterragem dianteiro do avião. A velocidade a que o veículo descreve os círculos não convidava a que nenhum dos sete funcionários que se vêem nas imagens saltasse para o interior da viatura e carregasse no travão, tudo levando a crer que o embate na aeronave estaria prestes a acontecer.

Contudo, um funcionário com maior presença de espírito decidiu resolver o problema, de forma eficaz e decidida. Saltou para o volante de um segundo veículo de serviço e embateu no carro de catering, levando-o a capotar. Salvou assim o avião, um Embraer 145.

O vídeo registado por Kevin Klauer, CEO da Associação Osteopática Americana, foi partilhado no Twitter, onde rapidamente atingiu 18 milhões de visualizações e mais de 58.000 retweets.

Na ausência de danos no avião, o voo descolou com apenas 10 minutos de atraso. Eventualmente, o tempo necessário para que um segundo carro fornecesse o catering, desta vez sem problemas no acelerador…