Dois agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Corroios evitaram na madrugada de quinta-feira uma possível tentativa de suicídio de uma jovem que estava no parapeito de uma janela com uma bebé de seis meses ao colo.

“Dois agentes da esquadra de Corroios – Divisão do Seixal – Comando Distrital de Setúbal deslocaram-se a uma ocorrência, em Corroios, depois de alertados para uma potencial situação de suicídio, vindo a salvar uma bebé de seis meses de idade e evitar que uma jovem pusesse termo à vida”, indica a PSP em comunicado divulgado esta sexta-feira.

O alerta, segundo a PSP, foi dado por um telefonema que “dava conta de uma situação de aparente suicídio”.

“Chegados à residência, os dois polícias constaram que uma jovem (que depois veio a saber-se ter 20 anos de idade e ser mãe de uma bebé de seis meses) estava no parapeito de uma janela de um quarto daquela habitação, com a bebé ao colo, pronta para se atirar”, refere o comunicado.

“Os agentes agiram rapidamente e conseguiram tirar o bebé do colo da jovem e evitar que esta se atirasse da janela”, acrescenta a PSP, notando que a jovem “não estava com um discurso coerente” e demonstrava “comportamentos que poderiam revelar perigo para o bebé”

Foi, portanto, levada pelos Bombeiros do Seixal para o Hospital Garcia de Orta e, posteriormente, para o Hospital de São José, onde ficou internada para observação.

Já a bebé, esclarece a PSP, ficou à guarda de familiares. E foi dado conhecimento ao Ministério Público e à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.