536kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Correa apresenta condolências à família de Hubert cinco semanas após acidente mortal

Este artigo tem mais de 3 anos

Juan Manuel Correa, piloto norte-americano de Fórmula 2, publicou vídeo a apresentar as “condolências mais sinceras” à família de Anthoine Hubert, piloto francês que morreu aos 22 anos.

Correa gravou o vídeo na cama do hospital
i

Correa gravou o vídeo na cama do hospital

Sergio Barrenechea/EPA

Correa gravou o vídeo na cama do hospital

Sergio Barrenechea/EPA

O piloto norte-americano de Fórmula 2 Juan Manuel Correa, envolvido no acidente que vitimou o francês Anthoine Hubert em agosto, apresentou na terça-feira as “condolências mais sinceras” à família do falecido.

As cinco semanas depois do acidente foram muito difíceis. Eu quero, obviamente, apresentar publicamente as minhas condolências mais sinceras à família do Anthoine Hubert”, afirmou Correa, numa mensagem de vídeo publicada na rede social Instagram.

Ver esta publicação no Instagram

I’m back ❤️

Uma publicação partilhada por Juan Manuel Correa (@juanmanuelcorrea_) a

Hubert, de 22 anos, morreu na sequência de um acidente em que o seu monolugar foi apanhado em cheio pelo do equatoriano naturalizado norte-americano Juan Manuel Correa, que fraturou as duas pernas, numa corrida do campeonato de Fórmula 2, no circuito de Spa-Francorchamps, em 31 de agosto.

Correa foi imediatamente operado na Bélgica a fraturas nas duas pernas e a uma pequena lesão na coluna, tendo, uma semana depois, sido transportado para Inglaterra, em coma induzido. Depois, o piloto da Sauber foi acordado do coma em 21 de setembro e operado à perna direita, anunciou a sua equipa no passado dia 3.

“O caminho para o restabelecimento vai ser longo”, admitiu Correa, no seu vídeo, gravado ainda na cama de um hospital.

Hubert integrava o programa de jovens talentos da Renault, que procura formar pilotos para a escuderia do construtor francês na Fórmula 1, e tinha vencido duas corridas do campeonato em 2019, depois de ter sido campeão em GP3, em 2018,

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.