Jaguar e Rankin são dois nomes que dispensam apresentações, sobretudo no Reino Unido. O fabricante de automóveis e o fotógrafo de moda, ambos britânicos, associaram-se num projecto artístico em que o segundo retrata e o primeiro é retratado. O resultado dessa parceria pretende elevar-se ao estatuto de obra de arte, oferecendo um novo olhar sobre três berlinas desportivas da Jaguar, nomeadamente o XF, XE e o lendário Mk 2.

Não é habitual que uma marca de automóveis de renome internacional me contacte com uma ideia tão objectiva, mas foi exactamente isso que aconteceu. Queriam três fotografias apelativas e cálidas para comemorar as principais características de cada modelo. Era essa a ideia. Uma encomenda de sonho”, explica Rankin.

O fotógrafo aceitou o desafio e tratou de conceber um enquadramento à medida. Para o XF, por exemplo, foram utilizadas centenas de pássaros de papel feitos à mão com um acabamento laranja brilhante. A ideia desta obra, apropriadamente denominada Flying High (Voar Alto), é evidenciar o contraste com a pintura metálica da berlina para, assim, realçar o seu “fantástico acabamento exterior”, refere a nota enviada à imprensa.

A sessão fotográfica com o XF foi a única divulgada, mas a Jaguar promete mostrar a 15 de Outubro um XE a viajar por entre o nevoeiro (Moving in the Mist) e, a 21 de Outubro, a terceira e talvez a mais aguardada obra, a fotografia intitulada Period Drama (Momento Nostálgico), que rende homenagem aos 60 anos do Mk2.