A Kia está a atravessar um fértil período em termos de novos produtos. E tanto assim é que já ousa chegar aos calcanhares dos premium, dando-se ao “luxo” de ter quatro carroçarias numa só gama. Depois do hatchback, da carrinha e da shooting brake, agora é a vez de ser lançado em Portugal o CUV da família Ceed. Denominado XCeed, encerra o maior potencial de vendas da gama, tal como o Observador aqui explicou, desde logo porque propõe uma combativa campanha de lançamento com descontos de 4.750€ nas motorizações a gasolina e de 5.300€ para as versões turbodiesel, o que posiciona a versão de entrada nuns interessantes 21.990€. Ou seja, abaixo do preço da carrinha.

A gama é simples, sem se prestar a confusões, pois há apenas dois níveis de equipamento, Drive e Tech, que se diferenciam mais pela dotação tecnológica do que pela aparência. Significa isto que ambos exibem jantes de 18 polegadas e ópticas full LED e, no interior, oferecem estofos em tecido e pele, ar condicionado automático e câmara para facilitar o estacionamento. A diferença é que se a tudo isto o Drive acrescenta o alerta de colisão frontal e o sistema de manutenção na faixa de rodagem, o nível Tech ainda soma a toda esta lista de equipamento chave inteligente, porta-bagagens inteligente e carregamento de smartphones sem fios. Mas também argumentos mais de “encher o olho”, como o novo monitor central de 10,25 polegadas com navegação e múltiplas ligações Bluetooth e, em estreia na gama, um painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas que, em breve, também será disponibilizado na Proceed.

10 fotos

A gasolina, o 1.0 T-GDI de 120 cv deverá concentrar a maior procura, ao ser proposto por 26.740€ na configuração Drive e por 29.240€ no nível de topo. Porém, com a campanha que entrará em vigor no arranque das vendas, a 19 e 20 de Outubro, há que subtrair a estes valores os tais 4.750€. Logo, a versão de entrada fica abaixo dos 22.000€ e, mesmo no nível de topo, custa apenas 24.490€. Seguindo o mesmo raciocínio isto é, aplicando o desconto de lançamento, o 1.4 T-GDI de 140 cv inicia a sua ofensiva não por 31.240€, mas sim por 26.490€. O gasolina mais potente só está disponível no nível de equipamento Tech e, se o cliente assim o entender, pode ser acoplado a uma caixa automática de sete velocidades, por mais 2.000€.

10 fotos

A gasóleo a oferta cinge-se ao 1.6 CRDi, que na versão de 115 cv é associado ao Drive e na de 136 cv integra o equipamento mais completo, podendo também neste caso ser associado à transmissão 7DCT. O diesel menos potente vai custar 26.840€, após o desconto de 5.300€, e o mais musculado exige o desembolso de menos de 30.000€. Em concreto, 29.340€ mercê da benesse de lançamento.

Esta agressiva postura comercial é complementada pela proverbial garantia da Kia, válida por sete anos ou 150.000 km. E, considerando a apetência que os consumidores têm por carroçarias SUV com ares de coupé, este XCeed parece fadado ao sucesso. O director-geral da Kia Portugal, João Seabra, considera-o o lançamento “mais importante da marca este ano e no próximo”, por o seu “preço, conceito e posicionamento” sustentarem a expectativa de que o XCeed “irá despertar o interesse junto de públicos que até agora não contemplavam a Kia nas suas primeiras opções”.