Morreu o cosmonauta Alexei Arkhipovitch Leonov, o primeiro humano a realizar um passeio espacial, confirmou o Centro de Investigação e Treinos Yuri Gagarin. Tinha 85 anos. Alexei Leonov fez parte da primeira equipa de cosmonautas e impulsionou o programa espacial soviético durante a Guerra Fria, ao lado de Yuri Gagarin e Gherman Titov. Tinha 31 anos quando fez a primeira atividade extra-veicular no espaço, que durou 12 minutos.

Foi uma viagem arriscada. Por pouco não conseguiu regressar ao interior da cápsula Voskhod porque o fato inflou durante o passeio no vácuo. Alexei Leonov teve de diminuir a pressão no interior do fato, numa operação que demorou 15 minutos. Depois, ao regressar à Terra, o sistema automático de direção falhou e Alexei Leonov teve de conduzir manualmente a cápsula. Acabaram a são e salvo numa zona remota e só foram encontrados no dia seguinte.

Mais tarde, em 1975, dez anos após o histórico passeio pelo espaço, Alexei Leonov integrou o primeiro voo espacial da cooperação entre o programa Soyuz da União Soviética e o programa Apollo dos Estados Unidos, enquanto comandante da equipa soviética. Foi a primeira vez que norte-americanos e soviéticos se cruzaram no mesmo projeto no espaço. Alexei Leonov estava apontado para ser o primeiro soviético a aterrar na Lua, antes do cancelamento da missão LOK/N1.

O cosmonauta também esteve prestes a ser atingido por um atentado por engano, recorda o jornalista e historiador José Milhazes numa publicação sobre a morte de Alexei Leonov. A 22 de janeiro de 1969, Viktor Illin disparou contra a limousine onde Leonov seguia com Valentina Tereshkova — a primeira mulher a ir ao espaço — e outros cosmonautas. Na verdade, Viktor Illin pretendia atingir o líder soviético Leonid Brezhnev. Nenhum deles ficou ferido.

Em 1971, Alexei Leonov deveria fazer uma segunda viagem ao espaço, mas a tripulação a que pertencia foi substituída por um dos membros ter contraído tuberculose. Na viagem de regresso, a nave Soyuz 11, que devia aterrar numa nova base espacial, despressurizou durante a reentrada na atmosfera terrestre. Os três cosmonautas a bordo morreram.

Em 2004, Alexei Leonov juntou-se ao astronauta David Scott e escreveu o livro “Two Sides of the Moon: Our Story of the Cold War Space Race”, com a colaboração do astronauta Neil Armstrong e o ator Tom Hanks. O livro cruza os conflitos da Guerra Fria com a experiência dos dois astronautas enquanto participantes nos dois lados da barricada. Três anos mais tarde, Alexei Leonov contribuiu para outro livro, “Into That Silent Sea” de Francis French e Colin Burgess, que aglomera as história de astronautas e cosmonautas que estiveram no espaço entre 1961 e 1965.