Um homem abriu fogo este sábado numa igreja de uma pequena cidade do Estado norte-americano de New Hampshire (nordeste), ferindo várias pessoas antes de ser detido pelas autoridades, indicou a polícia local.

Segundo o The New York Times, o homem irrompeu na Igreja quando decorria um casamento e terá atingido o padre e uma mulher. Foi depois dominado por convidados e entregue à polícia. Há ainda registo de vítimas com ferimentos ligeiros.

As primeiras informações sobre o caso davam conta de uma publicação do governador de New Hampshire na rede social Twitter. “As autoridades estaduais estão no local, prestando os primeiros socorros e a investigar o tiroteio em Pelham”, escreveu Chris Sununu.

O tiroteio ocorreu na igreja New England Pentecostal Church, em Pelham, pequena cidade com 14 mil habitantes localizada no Estado rural de New Hampshire. A polícia disse à comunicação social local que recebeu o alerta do caso pelas 10h12 locais e que ao chegarem à Igreja encontraram um homem e uma mulher feridos com arma de fogo, desconhecendo-se as motivações do crime.

Mais tarde, uma publicação no Facebook mostrava que uma das vítimas seria o padre que presidia à cerimónia. Neivia Choate escreveu que um “covarde” entrou na igreja da sua família e abriu fogo e pediu que quem acreditasse em “Deus”, que se ajoelhasse e rezasse pela sua família.

A igreja onde ocorreu o crime e o seu bispo são conhecidos enyre a comunidade afro-americana.

As vítimas foram transportadas para o hospital.