A Porsche revelou hoje que o terceiro elemento da família Taycan, o primeiro eléctrico fabricado pela marca alemã, o Taycan 4S, será igualmente o mais acessível da gama, isto enquanto não chega o Taycan 4, que se transformará no menos potente e mais barato entre os modelos a bateria do construtor germânico. O novo 4S já pode ser encomendado junto dos concessionários da marca, com as entregas a estarem previstas para Janeiro de 2020.

Comparado com os já conhecidos Taycan Turbo e Turbo S, o novo 4S mantém os dois motores, um por eixo, para assegurar tracção às quatro rodas, mas propõe dois níveis distintos de capacidade de bateria. A mais pequena é denominada Performance, com 79,2 kWh, e a maior, a Performance Plus, possui 93,4 kWh de capacidade, similar pois à que equipa o Taycan Turbo e o Turbo S.

Os motores do 4S são menos possantes do que os montados no Turbo ou Turbo S, ambos com 625 cv, que atingem depois 680 cv e 761 cv, respectivamente, com overboost e, ao que parece, durante apenas 8 segundos. No Taycan 4S a potência está limitada a 435 cv e a 489 cv, para depois ascender a 530 cv e a 571 cv, graças à tal função overboost – ao que tudo indica, associada ao launch control.

2 fotos

Com os motores menos potentes a autonomia do Taycan sobe, como o prova o facto de o 4S anunciar, já segundo o método WLTP, 407 km para a bateria pequena (79,2 kWh), o que o coloca próximo do novo Zoe (395 km de autonomia) devido ao elevado consumo. Já a Performance Plus (93,4 kWh) reclama 463 km de autonomia. Valores que se explicam pelo facto de a marca alemã anunciar 24,6 kWh/100 km para o 4S com bateria de 79,2 kWh e 25,6 kWh/100 km para o acumulador de 93,4 kWh. Ainda assim, melhor do que os 26,0 e 26,9 kWh/100 km do Taycan Turbo e Turbo S.

A Porsche revela ainda alguns dados sobre a capacidade de carga do Taycan 4S, apontando para 225 kW de potência máxima para a bateria mais pequena (79,2 kWh) e 270 kW para a maior (93,4 kWh), a mesma potência com que conseguem lidar os Taycan Turbo e Turbo S.

O Taycan 4S anuncia uma velocidade máxima de 250 km/h, bem como a capacidade de atingir os 100 km/h ao fim de apenas 4,0 segundos. Os preços para Portugal arrancam nos 110.127€ para o Taycan 4S com 79,2 kWh de acumulador, para a versão de 93,4 kWh ser proposta por mais cerca de sete mil euros, ou seja, aproximadamente 117 mil euros.